Zona central, seleccione para saltar esta zona Imagem Auxiliar

Imagem Auxiliar

Descrição:


O programa Estágios Profissionais visa proporcionar aos jovens uma formação prática em contexto real de trabalho, que complemente a qualificação anteriormente adquirida e promova uma maior articulação entre a saída do sistema de qualificação e o mercado de trabalho, com vista à inserção na vida activa.

O programa Estágios Profissionais não inclui os estágios curriculares dos cursos, nem os que exijam uma habilitação profissional obrigatória para o exercício de uma dada profissão.


Apoios concedidos

Aos jovens estagiários:
  • Bolsa de estágio (de montante variável, consoante o seu nível de habilitações);
  • Subsídio de alimentação, de valor correspondente ao da generalidade dos trabalhadores da entidade ou na sua falta, dos trabalhadores em regime de funções públicas;
  • Seguro contra acidentes pessoais.


Às entidades promotoras:
  • Comparticipação financeira na bolsa de estágio, variável de acordo com a natureza (entidades privadas com ou sem fins lucrativos) e a dimensão da entidade promotora; esta comparticipação será ainda majorada se os estagiários forem Pessoas com deficiência ou incapacidade (em 10%).


Os custos com o subsídio de alimentação e o seguro de acidentes pessoais dos estagiários são financiados na totalidade pelo IEFP, I. P.


Destinatários

O programa dirige-se a jovens desempregados, com idade até aos 35 anos *, inclusive, aferidos à data de início do estágio, com ensino secundário completo ou nível de qualificação 3 ou superior e que se encontrem à procura de primeiro emprego ou de novo emprego.

Desempregados à procura de primeiro emprego – enquadram-se os candidatos que verifiquem uma das seguintes situações:
a) Estar inscritos no Centro de Emprego como desempregados;
b) Não terem registos de remunerações na segurança social;
c) Não tenham exercido uma ou mais actividades profissionais por um período de tempo, no seu conjunto, superior a 12 meses;
d) Terem prestado trabalho em profissão não qualificada integrada no grande grupo 9 da Classificação Nacional de Profissões.


Desempregados à procura de novo emprego – enquadram-se os candidatos que verifiquem uma das seguintes situações:
a) Tenham adquirido uma formação qualificante que lhes permita o acesso a nível de qualificação distinto e não tenha tido ocupação profissional, nessa área, por período superior a 12 meses;
b) Estejam inscritos no Centro de Emprego com código de Classificação Nacional de Profissões, da última profissão, distinto da profissão onde vai estagiar (alínea apenas aplicável em 2009).


* Quando os destinatários sejam pessoas com deficiência e incapacidade, não se aplica o limite máximo de idade.


Duração do estágio: 12 meses.
Imagem Auxiliar

Quem pode requerer?


Podem candidatar-se pessoas singulares ou colectivas, de direito privado, com ou sem fins lucrativos, que apresentem condições técnicas, pedagógicas e organizativas para facultar, com qualidade reconhecida, estágios profissionais.
Imagem Auxiliar

Onde posso requerer?


As entidades interessadas deverão aceder ao serviço de Candidaturas Electrónicas a Medidas de Emprego, onde poderão efectuar a candidatura em Formulário electrónico.
Imagem Auxiliar

Quando posso requerer?

Em qualquer altura.
Imagem Auxiliar

O que preciso para requerer?


As entidades promotoras deverão preencher e submeter electronicamente o Formulário de Candidatura disponível online no Serviço de Candidaturas Electrónicas a Medidas de Emprego.

As entidades promotoras devem reunir, cumulativamente, os seguintes requisitos:
  • Encontrar-se regularmente constituída e registada;
  • Dispor de contabilidade organizada, desde que legalmente exigido;
  • Ter a situação contributiva regularizada perante a administração tributária e a segurança social;
  • Não ter o pagamento de salários em atraso;
  • Ter a situação regularizada no que respeita a apoios comunitários ou nacionais, designadamente os concedidos pelo IEFP;
  • Cumprir os demais requisitos e obrigações inerentes aos apoios comunitários;
  • Cumprir com os requisitos previstos em regulamentação específica elaborada pelo IEFP;
  • Não ter sido condenada, com decisão transitada em julgado, por crime de fraude na obtenção de subsídio de natureza pública.
Imagem Auxiliar

Qual o custo?

Sem custos associados.
Imagem Auxiliar

Quais os prazos para a prestação do serviço?

Não aplicável.
Imagem Auxiliar

Outras informações


Consultar no portal do IEFP informação específica para:
Imagem Auxiliar

Contactos

Morada:
Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P.
Rua de Xabregas n.º 52
1949-003 LISBOA
Morada:
Centros de Emprego do Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P.
Morada:
Centro de Contacto do IEFP
Telefone:
808 200 670
Horário:
Dias úteis, das 08:00h às 20:00h.
Imagem Auxiliar

Última atualização: 04-02-2011

Zona lateral direita, seleccione para saltar esta zona