Zona central, seleccione para saltar esta zona
página inicial »  gestão » gestão de recursos humanos » direitos e deveres » sistema de mediação laboral
Imagem Auxiliar

Imagem Auxiliar

Descrição:



O Sistema de Mediação Laboral (SML) é um serviço promovido pelo Ministério da Justiça, que permite aos trabalhadores e empregadores utilizar a mediação laboral para resolver litígios laborais sem necessidade de intervenção dos Tribunais, através do auxílio de um profissional especialmente certificado para a realização de mediação entre as partes - o mediador laboral.
O SML tem competência para mediar litígios surgidos no âmbito do contrato individual de trabalho, com exceção das matérias relativas aos direitos indisponíveis, abrangendo, nomeadamente:
  • Pagamento de créditos decorrentes da cessação do contrato de trabalho;
  • Promoções;
  • Mudança do local de trabalho;
  • Rescisão do contrato de trabalho;
  • Marcação de férias;
  • Procedimento disciplinar;
  • Natureza jurídica do contrato de trabalho.
Imagem Auxiliar

Quem pode requerer?


Qualquer cidadão ou empresa.

Nota: O SML funciona em todo o território continental.
Imagem Auxiliar

Onde posso requerer?



Através da Internet
.
Por telefone.






Nota: A intervenção do SML pode resultar também da remissão do juiz, para mediação, de processos de matérias laborais.
Imagem Auxiliar

Quando posso requerer?


Em qualquer momento.
Imagem Auxiliar

O que preciso para requerer?


  • Para o processo se iniciar basta que uma das partes em conflito solicite a intervenção do SML, ou por remissão do juiz. É então estabelecido o contacto com a outra parte ou ambas, consoante os casos, para a marcação de uma sessão de informação com a presença do mediador, a ter lugar em salas disponibilizadas para o efeito.
  • As partes são esclarecidas sobre as regras da mediação, direitos e deveres e outras informações obrigatórias. Depois é verificada a vontade das partes em subscrever o protocolo de mediação, que deve ser assinado após entrega ao mediador de documento comprovativo do pagamento da taxa devida pela utilização do SML.
  • Seguem-se as sessões de mediação que podem culminar com um acordo.
Imagem Auxiliar

Qual o custo?



A utilização do SML está sujeita ao pagamento de uma taxa no valor de € 50,00 por cada uma das partes, independentemente do número de sessões de mediação.
Nota: Pode não haver lugar ao pagamento dessa taxa quando seja concedido apoio judiciário a uma ou a ambas as partes para efeitos de acesso a estruturas de resolução alternativa de litígios, nos termos da Lei de Acesso ao Direito e aos Tribunais (Lei n.º 47/2007, de 28 de agosto).
Imagem Auxiliar

Quais os prazos para a prestação do serviço?



A Mediação Laboral está sujeita a um limite temporal de três meses, sem prejuízo de as partes, com o acordo do mediador, entenderem prorrogar a duração da mediação.
Verifica-se que, em média, a sua duração tem sido de 28 dias.
Quer as partes quer o mediador podem pôr termo à mediação a qualquer momento.
Imagem Auxiliar

Outras informações



As vantagens da mediação laboral são:
  • Segurança, na medida em que se trata de um serviço público promovido pelo Ministério da Justiça prestado por mediadores com formação específica;
  • Confidencialidade, por estar proibida a divulgação do teor das sessões de mediação;
  • Informalidade, pois existe um contacto próximo e simplificado entre o mediador e as partes;
  • Eficácia, já que a percentagem de acordos alcançados nos processos de Mediação Laboral é elevado;
  • Custo reduzido;
  • Promove o desenvolvimento económico e a criação de emprego graças à eficácia e rapidez que confere à resolução de litígios laborais.


Imagem Auxiliar

Contactos

Morada:
Call Center
Telefone:
808 26 2000
Email:
Imagem Auxiliar

Última atualização: 29-01-2015

Zona lateral direita, seleccione para saltar esta zona